terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Brasil será beta-tester da prova LPI 303

O Linux Professional Institute - órgão responsável pela certificação em Linux que mais cresce no mundo – realizará no Brasil a primeira aplicação das provas 303. Elas correspondem a categoria especialista do nível 3 da certificação e qualificam o profissional aprovado como “Security Specialist”. As provas ocorrerão na cidade de São Paulo no dia 20 de dezembro de 2008, às 10h00, e o número de inscrições será limitado e seletivo. As provas serão gratuitas.


O Programa de Certificação LPI, é composto por 2 níveis básicos, com duas provas cada um. As provas do nível 1 (101 e 102) certificam o profissional como “Administrador Linux Júnior” e as do nível 2 (201 e 202), como “Administrador Linux Pleno”.


O nível 3 da certificação LPI é focada no mercado corporativo. O profissional precisa se certificar obrigatoriamente na prova 301 ( Core) e depois escolher uma das especialidades disponíveis. Atualmente a única disponível é a prova 302 ( Mixed Environment ) para profissionais que queiram se especializar em interoperabilidade em ambientes mistos (Linux, Unix, Netware e Windows). A prova '303 - Security' é a segunda especialidade a ser lançada pelo LPI.


A prova 303 está sendo realizada em caráter de teste antes de ser lançada oficialmente e será realizada como “piloto” e só poderão fazê-las os candidatos que preencherem os pré-requisitos necessários. Os conhecimentos exigidos para a prova estão disponíveis em
https://group.lpi.org/publicwiki/bin/view/Examdev/LPIC-303

 

lpi303


“Mais uma vez o Brasil foi escolhido para ser um dos países que irão fazer a prova piloto do nível 3 e isso vem novamente premiar o bom trabalho que o LPI Brasil fez nos últimos anos e serve também para mostrar a todo o mundo como o Linux é forte aqui no Brasil”, explica José Carlos Gouveia, Gerente para América Latina do LPI.


A 4Linux, afiliada do LPI no Brasil, será responsável pela escolha dos candidatos à fazer os exames e por orientação do LPI Inc, serão escolhidos, preferencialmente, os profissionais já certificados LPI nível I, II e III e que estejam trabalhando com Linux e Segurança. Os escolhidos que ainda não possuirem a certificação LPI, somente receberão a certificação nível 3 após obterem a de nível 2. Os aprovados na prova piloto serão os primeiros profissionais em todo o mundo a receberem o certificado '303- Security Specialist'.


Para participar, o interessado deve enviar um curriculum para lpi@4linux.com.br comprovando o requisitos necessários.


"Fico muito feliz por novamente termos sido escolhidos para ser um dos países que irá fazer o beta-test das provas do LPI. Em 2006 fizemos o beta-test das provas 301 e 302 e agora iremos fazer o da prova 303”, comemora Rodolfo Gobbi, diretor geral da 4Linux, afiliada do LPI no Brasil e organizadora da prova.


Por ser uma prova piloto, o tempo da prova terá duração maior do que é normalmente utilizado, e será de aproximadamente 3 horas, diferentemente das provas regulares que tem duração de 1h e 30min. E o resultado também terá um tempo maior para sair, está previsto para março de 2009. “As provas pilotos são sempre utilizadas quando uma nova prova ou versão é lançada e serve para ajustar o tempo da prova, avaliar a clareza do enunciado e o grau de dificuldade, entre outras coisas”, explica Gobbi.


A prova é gratuita e será na cidade de São Paulo em local ainda a ser definido. A lista dos escolhidos para fazer as provas será publicada no site www.lpibrasil.com.br até o dia 17 de dezembro de 2008.

 

Fonte: 4Linux

1 comentários:

Surfista das Estrelas disse...

Olá Wilton, boas novas. E que, cada vez mais possamos ter acesso a softwares livres como o Linux!
abraços

Postar um comentário

Gostou do artigo? Então deixe um comentário !!!