quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Dicas para a Certificação LPI

Neste post, coloco algumas dicas sobre a certificação LPIC 1 e qual foi o meu método de estudos para passar.

- Livros para estudar

Comecei a estudar para as provas LPI 101 e 102 mais ou menos no mês de novembro de 2006. Estudei usando o seguinte material.

Hungry Minds - LPIC 1 Certification Bible:
Este e-book foi publicado em 2001, porém gostei dele porque é muito bem detalhado e no final de cada capítulo, existe um teste com diversas questões que permite saber se você entendeu o capítulo.

Certificação Linux do Uirá Ribeiro:
Comprei este livro que na minha opinião deixou muito a desejar, mesmo cobrindo todos os assuntos da prova, percebi que para alguns tópicos a informação é superficial e te força a “googlear” para entender melhor.

Guia Foca Linux LPI:
Existe também um Guia Foca focado na prova LPI que me ajudou bastante a rever tudo que eu havia estudado.

- Tempo para estudo

Como disse anteriormente comecei a estudar em Novembro de 2006 e me senti preparado para fazer a prova já no fim de Janeiro deste ano. Acredito que em torno de 3 meses é o suficiente, pelo menos foi assim comigo.

- Testking

O Testking é um mal necessário, pois a prova tem muitas pegadinhas que você pode praticar lendo testkings. Recomendo a leitura completa e entendimento de cada questão do testking mais atual de cada prova pelo menos duas vezes.

Existe um site com a simulação dos exames que usei bastante e só resolvi fazer a prova quando comecei a tirar notas acima de 90%. Segue o link:
http://www.linux-praxis.de/lpisim/lpi.html


- O Exame

Preferi fazer o exame por um centro VUE pelo simples fato de ter o resultado na hora. O preço é de U$150,00 para cada prova, sendo um total de U$300,00, algo em torno de R$ 600,00 na época.

No site da Pearson VUE, www.pearsonvue.com é possível verificar as escolas mais próximas de sua casa e agendar o exame, porém é preciso ter um cartão de crédito internacional para fazer o pagamento.

Tenho amigos que tentaram fazer as duas provas ao mesmo tempo, porém apesar de ser possível eu não recomendo. No meu caso deixei um intervalo de 15 dias entre um prova e outra.


- Conclusão

O Certificado LPI tem um bom reconhecimento em empresas que trabalham com Linux, que não são poucas, como Google, IBM, Symantec, UOL, Globo, entre tantas outras.

Com alguns meses de muito estudo e dedicação, é garantido que passará nas provas.

Cheers,
Wilton Paulo.

4 comentários:

Paulo henrique disse...

opa amigo dividi comnosco sua experiencia de fazer a prova lpi as questões que cairqam as mas dificies o topicos mas abordados blz desde ja agrdeço

Wilton Paulo da Silva disse...

Paulo Henrique, estudei mais os tópicos com maior peso, como linha de comandos shell, sistemas de arquivos, administração de pacotes.

Quanto maior o peso do tópico, maior a probabilidade de cair na prova.

Você pode verificar o peso de cada tópico nestes links:
Prova 101
Prova 102

Um abraço,
Wilton

rafael_surf13 disse...

Olá Winton, achei interessante seu post, tenho 18 anos UTILIZO linux a 1 ano mais ou menos SEI O QUE ESTOU FAZENDO a 3 meses que conclui o curso da 4linux em sistemas operacionais linux, quero estudar mais um pouco e vou fazer a prova ...porem não consigo achar Testking em português, e meu inglês é meio fraco .. voc/~e sabe onde posso achar algum traduzido (já que a lpi nivel 1 é português )
]
Abraços

Wilton Paulo da Silva disse...

Olá Rafael, infelizmente não encontrei nenhum testking em português, porém o site do Uirá Ribeiro tem um simulado emm português muito parecido com um testking que você pode treinar.

Simulado em PT_br

De toda forma, já adianto que você precisa aprender inglês, porque são poucas as certificações que oferecem provas em português.

Abs.
Wilton Paulo.

Postar um comentário

Gostou do artigo? Então deixe um comentário !!!